5 Capacidades da mente humana que podemos exercitar para se sentir mais vivo

Recentemente assisti ao TED do antropólogo cognitivo do Ph.D Bob Deutsch, e o que me chamou bastante atenção ao abordar o tema – Mente Imaginativa.

Na palestra, o Dr. Deutsch defende a importância de ampliarmos a percepção sobre informações, sentimentos, como também evidencia a necessidade de aguçar a nossa curiosidade/criatividade e buscar novos entendimentos sobre nossa história, os fatos e o mundo à nossa volta.

Os 5 pontos são:

1. Viva o sentimento – Existem pesquisas que apontam que as pessoas estão se sentindo cada vez mais desconfortáveis ao entrarem em contato com seus próprios sentimentos, mesmo que por alguns minutos. “Uma das implicações é menos criatividade, pois sentimentos são pontos de partida de estimulação para ideias. Outra coisa, muito importante também, é que quanto menos você é capaz de sentir os seus próprios sentimentos, menos ainda será capaz de sentir os sentimentos das outras pessoas. Então, de certo modo, isso faz o mundo um lugar mais perigoso”, alerta Bob.

Quanto menos você é capaz de sentir os seus próprios sentimentos, menos ainda será capaz de sentir os sentimentos das outras pessoas.

2. Seja curioso – Abra o capuz da vida e veja o que está por baixo, não aquilo que te falaram que está por baixo, mas aquilo que você descobriu estar por baixo.” Isso é o que pesquisador chama de explorar, sair da zona de conforto e buscar perceber, através dos próprios sentimentos, as coisas que lhe são mais interessantes, curiosas ou mesmo repulsivas.

3. Esteja sempre aberto – Esta disponibilidade, segundo Bob, é um convite a surpreender-se com o novo, a aprender de forma diferente, a construir novos caminhos, sem necessariamente, seguir uma lógica ou sequência formal e distinta. A ideia é deixar fluir, entender que existem os dois lados (razão e emoção), e ainda assim, se permitir viver, o sentimento e a objetividade, ao mesmo tempo, sem fazer uma separação.

4.Utilize metáforas – “Conectar Ideias; essa é a real essência da utilização de metáforas. Você faz conexões, associações e lincagens entre coisas que, logicamente, não combinam”, explica Bob. O pesquisador afirma ainda, que de forma consciente ou inconsciente, nossa mente é capaz de fazer ligações que nos permitem observar, como as coisas se relacionam; se ajudam mutuamente e evoluem a partir desta junção.

Saia da zona de conforto.

5. Entenda o paradoxo – Mesmo quando as coisas parecerem muito complexas e contraditórias; busque um entendimento, ao invés de deixá-las de lado. Procure encontrar o que há em comum nas ideias que parecem contraditórias. Perceba a dinâmica, os argumentos, dados, teorias e explicações em que se baseiam cada uma e tente conectá-las.

Estar engajado com estas 5 Capacidades, auxilia a que nos tornemos pessoas mais imaginativas. Mas, o que isso significa na prática?

Segundo o especialista, cultivar a mente imaginativa significa honrar e respeitar a própria história, buscar viver, verdadeiramente, os próprios sentimentos; fazer de cada dia uma oportunidade real de fazer novas descobertas e se permitir observar, o que está acontecendo com você e, com mundo à sua volta, de forma mais profunda e menos superficial.

Faça de cada dia uma oportunidade real de fazer novas descobertas e se permitir observar, o que está acontecendo com você e, com mundo à sua volta, de forma mais profunda e menos superficial.

“Uma vez que você se conecta com estas cinco essências, isso se torna um hábito, e é divertido. Faz com que você se sinta vivo, e isso é realmente necessário nesse mundo de hoje”, conclui Dr. Bob Deutsch.

 

 

Conteúdo compilado de José Roberto Marques (Master Coach Senior no IBC)