Passos para obter uma alto performance

De acordo com o dicionário Michaelis da Língua Portuguesa, dentre as definições de performance é possível encontrar a seguinte: “Conjunto de fatores que determinam o desempenho de algo; atuação; desempenho”. Sendo assim, alta performance pode ser conceituada como o desempenho máximo em algum campo da vida humana, ter resultados acima do esperado.

MUDAR O JEITO DE PENSAR

O primeiro passo para conseguir a alta performance, seja em qualquer campo da vida (profissional, acadêmica, esportiva, etc.), é mudar o jeito de pensar. A primeira mudança se dá na mente, e para poder ter alta performance é preciso ter uma mente focada em obter o seu desempenho máximo, tendo resultados acima do esperado, acima da média. Mudar a mentalidade é essencial para que as mudanças ocorram na vida.

ESTABELECER OBJETIVOS CONCRETOS

Toda transformação ocorre primeiro pela mentalidade. Depois disso, o segundo passo é estabelecer objetivos. Gradativamente, os objetivos vão levando o indivíduo à melhoria seja como profissional ou como pessoa. Uma pessoa só consegue desenvolver suas competências e habilidades em seu potencial máximo quando cumpre, gradativamente, suas metas estabelecidas. Quando uma meta é cumprida, outra meta é estabelecida, e assim sucessivamente, até chegar ao desempenho máximo.

MUDANÇA DE COMPORTAMENTOS E ATITUDES

Ao fazer uma redação científica, um acadêmico é orientado a fazer um projeto, e nesse projeto objetivos (gerais e específicos) são estabelecidos. De acordo com as regras gerais da ABNT, todos os objetivos devem começar com verbos no infinitivo.Verbos, na gramática da Língua Portuguesa, são aquelas palavras que expressam ação. Portanto, estabelecer objetivos é criar um plano de ação, onde atitudes e comportamentos são determinados para nortear a pessoa a chegar ao desenvolvimento máximo de suas competências.

BUSCAR APERFEIÇOAMENTO

Parte do plano de ação, da tomada de atitude, é buscar formação e capacitação adequada, que irão desenvolver habilidades já existentes e despertar novas competências.Com o avanço da tecnologia atual é possível encontrar uma gama imensa de literatura com a temática no desenvolvimento da alta performance, ensinando o indivíduo a focar nas habilidades latentes, desenvolver habilidades inatas e se aperfeiçoar em qualquer campo da vida humana.

NUNCA SE ESTÁ PREPARADO O SUFICIENTE

Outro aspecto importante da busca pela alta performance é ter a consciência de que nunca se está preparado e pronto o suficiente, é sempre necessário e importante buscar novos conhecimentos, desenvolver novas competências e habilidades.A pessoa que consegue desenvolver novas competências tem mais facilidade a adaptar-se a novas realidades e torna-se resiliente, ou seja, aprende a recuperar-se com mais facilidade das dificuldades e problemas cotidianos. Por isso, é sempre importante estar trabalhando no desenvolvimento de forma contínua e gradativa.

TRABALHE A INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

O psicólogo Daniel Goleman afirma que a instabilidade emocional transforma pessoas inteligentes em pessoas estúpidas. Portanto, é preciso trabalhar e aprender a entender a Inteligência Emocional.Ainda de acordo com o citado psicólogo, a Inteligência Emocional pode ser dividida em cinco pilares: autoconhecimento, autocontrole, decisões responsáveis, empatia e habilidades sociais.Por isso, é preciso conhecer e entender as suas emoções, para que se possa canalizá-las para tomar decisões corretas e responsáveis, fazendo com que seu desempenho seja cada vez mais aprimorado.

NUNCA TRABALHAR SOZINHO

Outro aspecto da Inteligência Emocional é o foco no coletivo. Para chegar à alta performance é sempre bom contar com mais pessoas, e essas habilidades podem ser desenvolvidas a partir da empatia e das habilidades sociais.A empatia é a competência que faz com que se possa colocar no lugar do outro, tentando entender suas emoções e atitudes.As habilidades sociais também é uma competência extremamente importante para a alta performance, pois ela faz com que o coletivo elabore ações visando a alta performance de todos.

Texto não original, extraído de O poder da Alta Performance